As Vozes do Oceano

Os golfinhos e os extraterrestres!

Fonte: Corbis

Mais uma notícia bombastíca em relação aos golfinhos!

Depois das declarações na última reunião anual da ciência no Canadá em fevereiro deste ano, onde cientistas apresentando as suas pesquisas, defenderam os golfinhos como “pessoas não humanas”, ou seja, os golfinhos foram considerados como seres no mínimo tão auto-conscientes quanto a gente.

Fonte: Naic, Observatório de Arecibo

Agora, poucos meses após tais declarações, cientistas ligados não só aos golfinhos, como também a busca por vida fora da Terra, passaram a se interessar mais por nossos vizinhos oceânicos.

Fonte: Wild Dolphin Project

Segundo eles, um melhor entendimento sobre o modo de vida dos golfinhos (inteligência, sociedade, cultura, comunicação, etc) pode aprimorar a nossa compreensão sobre a vida extraterrestre, já que boa parte dos planetas habitáveis descobertos recentemente, e que já passam dos 60, podem ser aquáticos.

Fonte: NASA/JPL–Caltech/R Hurt (SSC–Caltech)

Os números de planetas habitáveis (que podem abrigar a vida como a conhecemos e que necessariamente precisam conter água em estado líquido) são hoje calculados em bilhões apenas dentro de nossa galáxia!

Outros dados que chamaram a atenção dos pesquisadores foram algumas luas de nosso sistema solar. Já sabemos que mais de quatro luas têm água em estado líquido e uma delas, Europa, lua do gigante gasoso Júpiter, não só contém um oceano líquido, como também foram detectadas pela sonda Galileo da Nasa, movimentação abaixo de sua superfície e sons agudos, muito semelhantes aos sons dos golfinhos.

Fonte: NASA/JPL

De fato, existe mais água fora do que dentro da Terra. Existe água na Lua, Marte, Mercúrio, em Vênus, Urano, Netuno, em diversas luas de nosso sistema, como Ganimedes, Calisto, Europa, Titan, Tritão, e Enceladus e também em asteróides e cometas.

Fonte: Astrobio.net

A partir destas informações podemos sugerir que o famoso cálculo sobre a probabilidade de vida extraterrestre, a equação de Drake seja refeito. Com os dados que temos atualmente em que sabemos que bilhões de planetas em nossa galáxia podem abrigar a vida e sabendo que em nosso planeta temos no mínimo duas formas de vida auto-conscientes (humanos e cetáceos) a probabilidade de vida inteligente fora da Terra se torna praticamente CERTA!

Fonte: Luiz Felipe Zanette

Aloha!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s