As Vozes do Oceano

Qual é a Minha Religião?

 

 

 

 

 

 

 

 

Muitas pessoas têm me perguntado de que religião eu sou. Até parece que para gostar e cuidar da natureza a gente precisa ser de alguma religião. Eu pensei que bastava sermos humanos.

Eu sou da religião da Vida, do Bem, da Paz e do Amor. Meu templo está em mim, assim como eu sou parte de tudo.

A minha catedral para onde eu vou a fim de rezar é o meu corpo. Através dele entro em contato com a minha verdade, com aquilo que de mais íntimo há em mim ou em qualquer outro ser.

E ali mesmo nesse pequeno e escondido lugar é onde podemos encontrar todas as respostas e energias de que precisamos para viver.

Não preciso me dirigir fisicamente a nenhuma igreja construída por outros homens, ou então buscar algum templo oriental no meio das montanhas. Basta apenas a minha força de vontade e o desejo de conexão para que essa busca termine.

A melhor religião é a religião do coração, eu pelo menos ainda não vi nenhuma outra que dê tantos resultados.

A não ser que esteja trabalhando em prol de um bem definido em comum, não vejo razão nenhuma para me unir a grupos, religiões, doutrinas ou seitas.

A natureza é a minha sala de aula. É nela onde aprendo as mais valiosas lições para a minha vida. Nela eu aprendo a cuidar de mim mesmo. É na natureza que eu vejo uma cadelinha cuidando dos seus filhotes, ou então uma mãe humana cuidando de seu filho recém-nascido. Ambas têm carinho para com o seus. A natureza é a nossa mãe, nós somos a natureza e ela se manifesta através de nós.

Nós somos muitos mais do que pensamos. Até mesmo mais do que podemos conceber neste momento.

O nosso nome é: Infinito. O sobrenome: Amor. apelido: Energia

A nossa essência mais profunda está em permanente conexão com a natureza, basta apenas silenciar a mente e completar o coração para nos darmos conta disso.

É tão simples. Mas será que ninguém nunca pensou nisso antes? Hahaha. É claro que sim. Diversas pessoas hoje e em todos os tempos se deram conta disso, só que são essas mesmas pessoas que vemos no dia-a-dia e que nem sempre chamam a atenção. Essas pessoas aprenderam uma das mais básicas lições da natureza, a simplicidade.

Essas pessoas já são felizes em seu íntimo, ou melhor, sabem reconhecer a sua própria bem-aventurança interior em cada momento. Elas não desejam serem como Buda, ou Cristo, Confúcio, Leonardo da Vinci, Krishna ou qualquer outro ser para serem felizes e realizadas. Elas apenas são elas mesmas e isso é o que lhes basta.

Não tente ser alguém que você não é. Ser você mesmo pode ter certeza de que é o maior presente que podes dar ao mundo e a você mesmo. É tão simples que às vezes parece tão difícil. Mas é assim mesmo.

Tão simples quanto o lindo cantar de um pássaro pela manhã.

A natureza a todo o momento nos está lembrando dessa beleza. Da beleza interior e da beleza exterior (e é bom que se diga que nem sempre uma pessoa considerada bela externamente poderá ser considerada bela em seu interior).

O que importa realmente é a nossa essência. Aquilo que somos no mais profundo de nós mesmos. Essa é a verdadeira realidade.

E é nela que devemos nos concentrar. É a partir dela que tudo pode acontecer. Tudo!

Acreditem em vocês mesmos, sejam os seu líderes, os seus mestres, os seus benfeitores. Só depende de vocês reconhecerem a sua própria beleza e poder.

Abaixo segue outro vídeo do cantor Ziggy Marley que ilustra o que eu falei.

“Dizem” que é isso o que o contato com os golfinhos nos lembra…

Forte Abraço a Todos!

Anúncios

Uma resposta

  1. Isis Adelm Mourad

    O Deus que habita em mim é o mesmo que habita em você e em cada grão de poeira que nos cerca, e para mim , a maior manifestação de Deus está no amor e no amar. Quando se tem amor no coração e boa vontade com o próximo e com o mundo em que habitamos , temos tudo .
    Parabéns pelo blog , pelo bom gosto e sensibilidade , precisamos de mais amor ,e gestos como estes , de dedicar um momento para alegrar a vida do próximo , ensinar , e tocar os nossos corações , são muito nobres . Encantador.

    Curtir

    3 de agosto de 2011 às 15:11

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s